Notícias

Um café que bloqueia os sinais wireless. Assim, você fica incomunicável e não é tentado a usar seu celular.

Quando você entra no Faraday Café em Vancouver, no Canadá, é como entrar em um buraco negro. Você fica inacessível.

O café é o primeiro no mundo a bloquear ativamente sinais de comunicações sem fios, por isso, é impossível fazer ou receber uma chamada, uma mensagem ou verificar o seu e-mail. Em vez disso, o criador do café pretende estimular você a falar com os amigos ou mesmo trocar uma ideia com um estranho ao seu lado.

“Eu acho que a proliferação de tecnologias digitais como smartphones, tablets e laptops aconteceu tão rápido que realmente esquecemo-nos de criar uma política sobre a etiqueta ou a ética em torno de seu uso “, diz o artista Julien Thomas.

Thomas idealizou o café em um projeto de arte conjunto com arquitetos da Hughes Condon Marler.

O projeto usa uma envolvente metálica que cria uma gaiola de Faraday para bloquear os sinais de radiofrequência, e os arquitetos trabalharam para fazer dessa gaiola um espaço acolhedor. “O material é realmente muito versátil”, diz Thomas. “Reflete luz e sombra. Acho que há muita coisa que pode ser feita com ele e, em vez de lamentar que você  possa sentir-se colocado dentro de uma gaiola, ele pode tornar-se realmente em um belo, tranquilo e acolhedor espaço”.

Embora possa ser cada vez mais comum entrar em um café ou um restaurante e ver sinais de proibição de telefones celulares ou laptops, Thomas não queria proibir, queria dar um passo para tornar a tecnologia impossível de ser usada.  Para aqueles que não podem parar de olhar constantemente para os seus aparelhos, é um refúgio temporário. Thomas vê isso como um exemplo de como a arquitetura e design pode ajudar a fazer as mudanças que as pessoas por si só não são capazes de fazer.

O projeto do Faraday Café é apenas um motivo para levar as pessoas a tomar conhecimento deste assunto e pode contribuir para eventualmente levar a empreendimentos reais maiores onde esta filosofia possa ser aplicada

Nesta era de onipresente cobertura de telefonia celular, quando toda a gente pode estar em contato com todo o mundo, a privacidade é um novo privilégio.

Há potencial para que as pessoas entendam esta ideia como um valioso patrimônio, seja em um café, uma sala de reuniões, em um escritório ou outro qualquer espaço em qualquer lugar onde possamos voltar a ser como éramos. Independentes e isolados se for do nosso desejo.

Sem falar das implicações da exposição permanente a radiações eletromagnéticas sobre a saúde.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s