PERIGOS DE RADIAÇÃO DAS TECNOLOGIAS WIRELESS EM NOTÍCIAS NAS TEVÊS NOS EUA

Uma notícia muito recente me levou a fazer uma comparação entre o interesse das tevês nos EUA dando cobertura aos perigos para a saúde do uso das tecnologias wireless e, aqui no Brasil a mídia aparentemente não se interessa pelo tema.*

*(http://www.saferemr.com/2015/07/wireless-radiation-tv-news.html 13 julho 2015)

New Research Links Cell Phones To Health Issues In Children

 

No final do ano de 2014 publiquei um livro “QUE FUTURO – Os Efeitos da Poluição Eletromagnética Sobre a Saúde”. No livro tento explicar como a eletricidade natural do corpo humano é afetada pela presença constante de uma nuvem eletromagnética provocada pelas tecnologias elétricas (linhas de alta tensão, instalações elétricas etc.) e pelas tecnologias sem fios que utilizam micro-ondas para transportar dados (telefonia celular, internet, wi-fi etc.).

O conteúdo do livro pretende dar respostas a dúvidas que a sociedade tem como, por exemplo:  O uso de celulares faz mal à saúde? Porque cada vez há mais casos de câncer?

A falta de informação sobre o tema é grande e, só esporadicamente, a mídia relata artigos sobre o assunto publicados lá fora como se por aqui não acontecessem situações de crescente deterioro da saúde pública, sem explicação aparente. Porque será que há tão pouca preocupação em reconhecer  e investigar mais sobre o assunto?… E o assunto é sério mesmo.

Vamos a um caso concreto:

Quando do lançamento do livro, e como o tema é do interesse público, foram contatadas as principais formas de mídia escrita e de imagem, apresentando o livro acompanhado de um “press release” explicativo escrito por minha assessoria de imprensa.  Apenas a TV Cultura mostrou interesse imediato pelo tema, fazendo uma entrevista e exibindo um vídeo de dois minutos e exibindo-o no jornal do almoço daquele dia.                                                                     Revistas como: Veja, Isto É e outras não demonstraram interesse em ampliar a informação.

Há uns meses atrás, o programa matinal sobre saúde da Rede Globo, Bem Estar, apresentado por Mariana Ferrão e Fernando Rocha, abordou o tema: “Os celulares fazem mal à saúde ou não?”, tendo concluído que, como não há estudos científicos que o comprovem, o uso de celulares é seguro e não faz mal à saúde.

A desinformação dos produtores do programa é evidente e os apresentadores, com toda sua simpatia, são meros relatores do que é produzido pelos editores do texto. No entanto, o programa Bem Estar foi dos que recebeu meu press release e o livro. A informação estava lá…

Mas vamos então:  “COMO NÃO HÁ ESTUDOS CIENTÍFICOS…”(???).  Como o assunto dos celulares tem andado em questão, não seria mais prudente colocar em dúvida em vez de afirmar categoricamente que não fazem mal?… Que tal usar o velho e sábio  principio da precaução… afinal estamos falando da “nossa saúde” e da “dos nossos filhos”…

NÃO HÁ ESTUDOS CIENTÍFICOS???  Claro que a ligação entre o uso das tecnologias e o mal que podem causar não interessa ser divulgado quando o interesse das indústrias está em causa. E toda  a falta de informação ajuda a dissimular os verdadeiros perigos do uso de tecnologias não testadas em humanos.  Não é do interesse das indústrias que este assunto seja arejado.

Voltemos ao: NÃO HÁ ESTUDOS CIENTÍFICOS?… Não há ou fica mais confortável não querer investigar?  Vejamos, por exemplo, alguns pontos importantes bem ao nosso alcance:

1 – Um  estudo inédito, de nível mundial, feito em Belo Horizonte pela Prof.ª Dr.ª Adilza Dode e publicado em 1 de setembro 2011 pelo  “National Center of Biotechnology Information” (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21741680?dopt=Abstract) faz parte do “US National Library Of Medicine”.

Esse estudo, resultado de experiências feitas em Belo Horizonte, MG, durante 10 anos, mostra que foram verificadas quantidades maiores de mortes por neoplasias (canceres e tumores) à volta de antenas de celulares do que as verificadas a 500 ou mais metros afastadas das antenas. O estudo de alcance mundial, e que coloca geograficamente mortes ( não são apenas casos de câncer, são mortes por câncer) junto de fontes de radiação de sinal de celulares, por si só, já é uma prova irrefutável dos perigos do uso dessa tecnologia de uso indispensável e necessário.

Então? Uso de celular faz mal à saúde, ou apenas o desconhecimento e falta de divulgação dos tais estudos científicos leva a crer que não fazem?

O estudo referido deu origem a um vídeo postado no You Tube por uma cientista canadense, a Dr.ª Magda Havas, falado em português e legendado em inglês. Foi postado no Canadá… Um estudo de alcance mundial, inédito.

Onde estão as nossas emissoras de tevê?  Este estudo feito aqui no Brasil por uma cientista brasileira. Se fosse uma prova esportiva seria medalha de ouro para o Brasil.                         O estudo foi noticiado? Se foi, chegou ao conhecimento do grande público?

Vejam o vídeo no link:   https://youtu.be/Kt0G23GXJzc

Que meios de comunicação se interessaram por um assunto dessa transcendência para a saúde pública? Alguém ouviu falar desse estudo? Quem noticiou tamanha contribuição para a comunidade?

“NÃO HÁ ESTUDOS CIENTÍFICOS”… Brincadeira!

2 – No ano 2009 ocorreu um seminário internacional de cientistas para discutirem os perigos do uso de tecnologias emissoras de micro-ondas. Foi realizado em Porto Alegre, RS, com a participação de 9 cientistas internacionais e 14 cientistas brasileiros (entre outros, a Prof.ª Dr.ª Adilza Dode) publicando a “Resolução de Porto Alegre” no sentido de regulamentar e alertar o público para  os perigos do uso de tecnologias eletromagnéticas  que usam micro-ondas e que são poluentes do ambiente.

A Resolução de Porto Alegre recomendou (vou mencionar apenas algumas das recomendações):

  • Crianças com menos de 16 anos de idade não devem usar telefones móveis e telefones sem fios, exceto para chamadas de emergência.
  • O licenciamento ou uso de Wi-Fi, WIMAX ou quaisquer outras formas de tecnologias de comunicação sem fio, interiores ou exteriores, devem, preferencialmente, não permitir localização ou transmissão de sinal para residências, creches, casas de repouso, hospitais ou quaisquer outras edificações passíveis de ocupação humana por períodos de tempo consideráveis.

Quem ouviu falar dessas recomendações? Foram implementadas?

A Anatel recomendou ou divulgou as recomendações?

Os pais estarão alertados para o uso eventualmente perigoso de celulares por crianças?       Antenas de celular perto de hospitais? É saudável?

Wi-Fi nas escolas? Pode? Crianças com seus cérebros  ainda em formação…

Wi-Fi em ônibus, cozinhando lentamente com micro-ondas todos os passageiros? Pode?

Não admira que o comportamento da sociedade ande tão estranho, hoje em dia…

3 – Internacionalmente foi estabelecido que os manuais do usuário de telefones celulares fabricados por todas as indústrias contenham informações sobre SAR e recomendações de proteção dos utilizadores. Assim, no manual do meu aparelho celular fabricado aqui mesmo na zona franca de Manaus, diz:

  • Este produto atende ao limite de SAR estabelecido pela Anatel de 2,0 W/kg.
  • Ao carregar o produto ou utilizá-lo próximo do corpo, mantenha-o a uma distância mínima de 1,5 cm do corpo para garantir conformidade com os limites de exposição RF. 

Como é que é? Manter o telefone a 1,5 cm do corpo? Não podemos segurar na mão? E no bolso? Afinal o celular faz mal ou não faz mal? Porque temos que manter uma distância de 1,5 cm?     Então não é já uma confissão de que junto ao corpo é prejudicial à saúde? Qual é o limite de exposição saudável? A distância de 1,5 cm seria segura? Por que a advertência?

Esta é uma forma de destratar o público consumidor. Para ilibar suas responsabilidades as indústrias colocam em letrinhas bem pequenas aquela advertência que deveria estar em letras bem gordas, dizendo como nos maços de cigarros:

O uso do celular pode causar câncer.

 4 – E não é que é verdade?  O IARC-Instituto de Pesquisas do Câncer junto da OMS-Organização Mundial da Saúde já em 2001 classificou a exposição a campos magnéticos de baixa frequência (linhas de alta tensão, transformadores e aparelhos elétricos etc.) como Categoria 2B, e  em 2011  reconheceu também que a exposição à radiação eletromagnética de frequências de micro-ondas (celulares, wi-fi, telefones sem fios e tecnologias wireless) fosse classificada na mesma categoria:

“Possivelmente Cancerígeno para Humanos”.

Em que ficamos então?  Não há evidências científicas? Ou apenas não há divulgação da evolução dos estudos que cientistas apresentam com profusão, demonstrando a ligação entre causas e efeitos?

Poderia citar inúmeros outros estudos e artigos científicos que ajudam a comprovar os efeitos biológicos adversos das tecnologias eletromagnéticas. O meu livro cita quase 200 referências bibliográficas científicas dando suporte ao texto.

Por isso, há sim muitas evidencias científicas disponíveis. É só querer encontrar… Mas o que queria demonstrar fica bem claro:

Há sim uma conspiração silenciosa para que este assunto fique por esclarecer e, entretanto, nossa saúde e de nossas crianças fica à mercê da desinformação tão deliberadamente controlada.

Enquanto as tevês dos Estados Unidos, especialmente a CBS, dão ampla cobertura, as nossas tevês continuam dando pistas erradas. O tal do programa Bem Estar, com o Fernando Rocha dizendo abertamente que o celular não faz mal para a saúde, é uma amostra de que como a desinformação pode ser perigosa para um público mal advertido dos perigos do uso das tecnologias modernas.

Para quem estiver curioso listo o artigo referenciado por www.saferemr.com :

Qual foi a rede de TV dos Estados Unidos que forneceu maior cobertura de notícias sobre questões de radiação eletromagnética ou tecnologias sem fio no último ano?

Durante o ano passado, a CBS e suas afiliadas deram a maior cobertura de notícias de televisão sobre a radiação sem fio e relatórios de saúde em questões de segurança relacionadas com telefones celulares, torres de celular, Wi – Fi e medidores inteligentes.  A CBS também cobriu os dois mais recentes desenvolvimentos políticos sobre os perigos do wireless:   O Apelo Internacional de cientista em maio e o  “Direito de Saber” uma portaria em Berkeley sobre os perigos da telefonia celular.

Com a recente publicação do livro de Norm Alster, “Agência Reguladora Sequestrada: Como a Comissão Federal de Comunicações é dominada pelas indústrias que deveria regular” é a oportunidade para o programa da CBS, 60 Minutes fazer uma matéria investigativa sobre o porquê do governo não atualizar os regulamentos obsoletos sobre as tecnologias wireless, adoptadas em 1996 que deixam de proteger a saúde do público americano.
A cobertura das notícias das outras grandes redes não foi nada em comparação.

Serão os anunciantes e a indústria das telecomunicações sem fios que manipulam a cobertura de notícias de televisão de questões de segurança da utilização das tecnologias wireless?

 

CBS News:

Professor de Eletrônica Aposentado quer criar um refugio livre de Wi-Fi:                                                                          Mark Ackerman, CBS Denver, 09 de julho de 2015·.

Os sinais de Wi-Fi estão fazendo-o doente?                                                                                                                    Marissa Bailey, CBS Chicago, 01 de julho de 2015.

Pessoas acreditam que as redes de Wi-Fi os fazem doentes.                                                                                            Dr. Mallika Marshall, CBS Boston, 08 de junho de 2015.

As redes de Wi-Fi estão provocando doenças?                                                                                                                    CBS New York, 20 de maio de 2015.

Por que eu declaro nosso quarto de dormir uma zona livre de Wi-Fi.                                                                            Julie Watts, CBS SF Bay Area, 20 de maio de 2015.

Berkeley passa a primeira portaria para as precauções do uso de celulares.                                                            WMMT (Kalamazoo, MI), 19 de maio de 2015.

Precauções com celulares: Onde você guarda seu celular?

Elizabeth Hinson, CBS National, May 12, 2015 (last updated May 14, 2015)
KMOV (St. Louis, MO)
KPAX (Missoula, MT)
WCTV (Tallahassee, FL)
WDTV  (Weston, West Virginia)
WFMY (Greensboro, NC)
WIVB (Buffalo, NY)
WKBN (Youngstown, OH)
WREQ (Memphis, TN)
WTSP (Tampa Bay, FL)

Você está recebendo radiação venenosa do seu celular?
CBS News, May 12, 2015

Mulher corta o uso de celulares na família por preocupações com a saúde.                                                                             Gerri Constant, CBS Los Angeles, May 5, 2015.
Bombeiros de Los Angeles pedem leis de proteção por preocupações com a saúde.                                                                 CBS Los Angeles, Mar 24, 2015

Rede de medidores dos serviços públicos a ser instalada em Long Island levanta receios de exposição à radiação e perda de privacidade.                                                                                                                                                                      CBS New York, Mar 6, 2015.

Mulher diz que a radiação do celular quase matou seu marido.                                                                                          Samantha Cortese, KESQ (Palm Desert, CA), Feb 18, 2015.

A falha em seguir os regulamentos de antenas celulares levanta questões de segurança.
CBS Atlanta, Nov. 17, 2014 (updated Fev. 10, 2015)

Alguns moradores preocupados com os efeitos na saúde de medidores inteligentes.
WMMT (Kalamazoo, MI), Dec. 3, 2014

Novos contadores inteligentes instalados em Spokane levantam receios.

KREM (Spokane, WA), Dec 2, 2014.
Medidores inteligentes de energia da CPS mostram picos aleatórios de radiação.

KENS (San Antonio, TX), Nov 18, 2015

Torres de telefonia celular levantam novas preocupações sobre segurança.
Jason Barry, KPHO (Phoenix), Nov. 10, 2015 (updated Nov. 25)

Inimigos dos medidores inteligentes se preparam para a briga na Flórida.

CBS Miami, Sep 30, 2014.

Os telefones celulares realmente estão provocando canceres?

CBS Pittsburgh, Sep. 15, 2014

Avisos adesivos sobre câncer cerebral proposto para os celulares vendidos em Berkeley.
CBS SF Bay Area, Aug 22, 2014

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s